Região Sudoeste de Pastoral abre Mês da Bíblia com formação

0
20

A Região Sudoeste de Pastoral que compreende os municípios de Anhanguera, Cumari, Goiandira, Nova Aurora e Corumbaíba se reuniu no domingo, 1º de setembro, para a Formação Bíblica que abriu o Mês da Bíblia 2019. O encontro aconteceu em Corumbaíba e contou com a presença dos ministros, catequistas, Irmãos do Santíssimo e candidatos a aspirantes da Irmandade do Santíssimo. Pe. Murah Rannier, coordenador da Região, assessorou o encontro e o Pe. Joel Gomes, juntamente com as Irmãs Missionárias de Cristo, Ir. Arlete e Ir. Luzia, conduziram o momento de Espiritualidade e Animação. O Pe. Rômerson de Souza, ficou responsável pela acolhida do evento em sua Paróquia, bem como, a alimentação. Houve boa participação e presença de 160 pessoas.

Mês da Bíblia 2019

 

Todos os anos, a Igreja nos propõe um tema para ser estudado e contemplado em setembro, Mês da Bíblia no Brasil desde 1971. Neste ano, a Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) dá continuidade a este quarto e último ano do ciclo do tema “Para que n’Ele nossos povos tenham vida”. A proposta de estudo é a Primeira Carta de João com destaque para o lema “Nós amamos porque Deus primeiro nos amou” (1Jo 4, 19).

Em um tempo que parece muito difícil dialogar, trocar experiências, entender o próximo, e até mesmo chamá-lo de meu irmão, a proposta do estudo da Primeira Carta de João é pertinente e por que não dizer indispensável para os dias atuais no Brasil. O presidente da citada Comissão Bíblico-Catequética da CNBB, Dom José Antonio Peruzzo, deixou uma mensagem muito especial a respeito na apresentação do texto-base para o Mês da Bíblia 2019, “que o estudo da Primeira Carta de João mova-nos e comova-nos a diálogos fraternos e a convivências pacificadoras, amando-nos ‘uns aos outros’”.

O texto-base para o Mês da Bíblia, que pode ser adquirido nas livrarias católicas ou mesmo pelo site das Edições CNBB (www.edicoescnbb.com.br) destaca que há duas afirmações fundamentais sobre Deus na Primeira Carta de João. A primeira e: “Deus é luz” (1Jo 1,5), a segunda é: “Deus é amor” (1Jo 4,8.16). A primeira aparece no início da Carta, a segunda aparece no final, mas já foi sendo preparada desde o início do texto.

Veja mais fotos