Recursos da CF 2019 apoiam projeto de fortalecimento da Agricultura Familiar

0
23

Em 2019, o Fundo Nacional de Solidariedade (FNS) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) aprovou o projeto “III Feira Regional dos Saberes e Sabores” da Cooperativa de Produtos da Agricultura Familiar e Economia Solidária (COOPERFLOR), que visava oportunizar uma ação integrada da produção de alimentos e de produtos da Economia Solidária, ampliando o desenvolvimento da agricultura de base familiar, bem como o fortalecimento de empreendimentos de Economia Solidária da região do Oeste Catarinense.

A III Feira dos Saberes e Sabores, realizada no município de Guarujá do Sul (SC), promoveu e aprofundou o debate de políticas públicas voltadas à produção de alimentos e produtos orgânicos da agricultura familiar nas oficinas e seminários que foram realizados, o que possibilitou aos participantes conhecimento no cultivo, informações de segurança alimentar e nutricional, além da possibilidade de comercialização de alimentos e produtos originários dos agricultores familiares e dos empreendimentos econômicos e solidários da região Oeste de Santa Catarina.

Segundo o coordenador do projeto, Cléber Jonas Weschenfelder, o Fundo Nacional de Solidariedade foi ator indispensável na realização da III Feira dos Saberes e Sabores pois, de acordo ele, com o apoio foi possível realizar mais uma edição de um dos maiores e mais importantes espaços de fortalecimento da Agricultura Familiar e Economia Solidária, oportunizando a venda, divulgação, conhecimento técnico e cultural, debate de políticas públicas para a área.

“Com a colaboração foi possível ofertar infraestrutura com tendas que serviram para a cobertura das oficinas temáticas, divulgação no ambiente da Feira com a contratação da Rádio Feira, contratação de refeições para os expositores, confecção da Cartilha dos Saberes e Sabores, transporte de agricultores familiares e representantes de unidades economicamente solidárias e ainda a contratação de atração musical raiz, retratando um pouco da história do nosso povo”, contou o coordenador.

A III Feira Regional dos Saberes e Sabores foi além do espaço físico preparado para os dias 19 e 20 de outubro de 2019. Ela permanece viva no dia a dia onde os empreendimentos construíram laços, trocaram informações, se engajaram por um objetivo e divulgaram sua arte.

“Eu estive na feira divulgando o meu trabalho de laços para faixas de bebês, personalizados, customizados e eu apenas estava começando, poucos sabiam do meu trabalho, então eu considero que a feira teve uma importância ímpar na divulgação de todos os meus produtos, o que fez com que a minha marca ficasse conhecida”, contou Daiane Carine Eich, expositora na Feira.

A iniciativa também possibilitou o fortalecimento da corrente da agricultura familiar e economia solidária que tanto carecem de apoio hoje em dia. Elizer Augusto Werner, produtor orgânico, disse que a feira além de proporcionar muito entretenimento, promoveu a troca de experiência com outros feirantes e muitos contatos novos e negócios bons.