Moçambique: Igreja capacita jornalistas para cobertura da Visita Papal em setembro

0
5

Jornalistas moçambicanos foram capacitados, na sexta-feira (5) em matéria de linguagem eclesiástica, estrutura e natureza da Santa Sé, no âmbito da visita do Papa Francisco a Moçambique, de 4 a 6 de setembro próximo.

A formação, que decorreu no auditório da Rádio Moçambique, em Maputo, contou com a presença de pouco mais de 150 jornalistas de vários órgãos de comunicação social e foi promovida pelo Gabinete de Informação (GABINFO), em parceria com a Igreja Católica no país.

Dotar os jornalistas da linguagem eclesiástica
O evento contou ainda com a presença do encarregado de negócios da Nunciatura Apostólica, a Diretora do Gabinfo, e Sacerdotes, entre outros. Em entrevista ao Vatican News, a Diretora do Gabinete de Informação, Emília Moiane, disse que o objetivo central do encontro era dotar os jornalistas moçambicanos de ferramentas e conhecimentos sobre a Igreja Católica e bom uso da linguagem eclesiástica.

Monsenhor diz não às Fake News
Segundo Monsenhor Cristiano Antoniett, secretário da Nunciatura Apostólica, os jornalistas, na cobertura da visita do Santo Padre, devem reportar a verdade, com objetividade e nunca pautar pelas fake news, ou seja, notícias falsas.

Por seu turno, os participantes foram unânimes em afirmar que a formação foi muito produtiva, pois os profissionais da comunicação social puderam conhecer alguns aspectos específicos da Igreja Católica, no geral.

PCA da RM: Um privilégio trabalhar com a Igreja
Para o Presidente do Conselho de Administração da Rádio Moçambique (RM), trabalhar com a Igreja é sempre um privilégio. Abdul Naguibo agredece a Igreja Católica pela aproximação aos jornalistas.