A graça de um peregrino

0
213

No fim de julho do ano de 2016, o papa Francisco anunciou a futura sede da Jornada Mundial da Juventude: Panamá. Naquele tempo meu coração começou a se preparar para esta experiência já iniciada no ano de 2013 no Rio de Janeiro. Rezei, juntei dinheiro, vendi rifa e com ajuda e apoio da minha família e de tantas pessoas da Diocese de Ipameri e da Paróquia Nossa Senhora das Dores (Caldas Novas-GO), no dia 14 de janeiro passado, cheguei a esta pequena faixa de terra que liga as Américas, que une Oceanos e que nestes dias se faz Nova Jerusalém unindo Corações.

A chegada foi bem confusa pois com tudo certo: inscrição, pagamento, voucher de hospedagem me vi num ioiô de idas e vindas a lugares e conversas com pessoas até que tudo, com o pôr do sol, se resolveu. Graças ao Senhor e meu parco espanhol.
Dia seguinte foi o momento de buscar meu esperado kit Voluntário e me dirigir ao local de treinamento e alimentação. Nestes instantes Deus coloca em nossas vidas pessoas de perto e de longe para nos lembrar a força do seu amor e sua graça. Afinal, tudo é graça nas mãos de Deus.

Dos amigos que tenho feito, das risadas que tenho dado, das opiniões que tenho compartilhado, e das conversas que tenho tido com Deus, nada mais expresso que gratidão e graça.

Mais do que fazer coisas para Deus (voluntário) ou andar pelos lugares (peregrino) quero como Maria também, diante de Deus, que em minha vida e nesta jornada: “Faça-se em mim segundo a sua Palavra”.

Diácono Glauber Roberto da Silva
Diocese de Ipameri-GO